Quais recursos são necessários para criar seu primeiro mashup em Qlik Sense

Quais recursos são necessários para criar seu primeiro mashup em Qlik Sense

Criar um mashup simples, com base em um dos templates fornecidos com a instalação padrão do Qlik Sense Desktop é muito fácil. Neste vídeo da Qlik você pode ver rapidamente como esse processo funciona. Entretanto estes modelos gratuitos servem basicamente para demonstrar que as aplicações Qlik Sense funcionam dentro de uma página web.

Daí em diante você precisará personalizar seu código HTML, CSS e Javascript por conta própria, de modo a atender as necessidades visuais do seu projeto: branding, experiência do usuário e layout responsivo são apenas alguns pontos importantes a serem considerados na hora de personalizar seu template.

Sem custo adicional de infraestrutura

Antes de repassar esses pontos, é importante esclarecer que não há custo adicional além do que você já teve ao adquirir o Qlik Sense. Usar mashups de design não demanda nenhum tipo de servidor web adicional e toda a configuração é feita via Qlik Console Management (QMC) e Dev-Hub.

De todo modo, o desafio não é pequeno. O desenvolvimento de interfaces web vem sofrendo constantes revoluções e novas tecnologias e possibilidades surgem todos os dias. Usar estas tecnologias para oferecer uma melhor experiência para os usuários da sua empresa é fundamental e pode decretar o sucesso do seu projeto de BI.

Recursos de pessoal: profissional “faz-tudo” ou especialistas em cada área?

Há muita discussão atualmente sobre o verdadeiro papel dos consultores de Business Intelligence. Embora exista uma demanda crescente por um perfil multidisciplinar de consultor, considere-se um felizardo caso você tenha dentro da sua equipe um profissional que possua pleno conhecimento da extração, manipulação e visualização dos dados.

A opção mais óbvia é tentar fazer com que este profissional crie seus mashups de design, ou seja, além de carregar, mostrar e validar os dados, ele terá de desenhar e montar seus dashboards de modo a encantar a todos na empresa.
Com anos de experiência em projetos de criação de interfaces para web e BI, o que temos visto nesse cenário são profissionais sobrecarregados e principalmente sem conhecimento técnico avançado em desenvolvimento web (o que é natural, visto a enorme gama de especialidades possíveis na área de TI).
Portanto a opção por deixar na mão de um profissional “faz-tudo” pode até resolver em casos de menor complexidade, mas em algum momento o projeto irá esbarrar em dificuldades técnicas ou visuais.

Em se tratando de melhores práticas, o ideal seria você ter 2 perfis de profissional (é claro, além do perfil consultor de BI – que você já tem ou terceiriza). O primeiro é o “designer”, que é o profissional que entende as necessidades dos seus usuários e as transforma em interfaces intuitivas e elegantes. Este profissional saberá desenhar e especificar cada tela do seu mashup, mas não caberá a ele montar estas telas em HTML. É aí que entra o segundo perfil, que é o “front-end developer”. Com base nas telas desenhadas pelo designer, é ele quem “dará vida” ao layout, montando as páginas responsivas usando HTML, CSS, Javascript, Ajax, dentre outras tecnologias.

É claro que manter estes dois perfis dentro da equipe interna tem um custo considerável, portanto a efetivação desses dois profissionais poderá se tornar viável se houver demanda constante de trabalho. De outro modo, terceirizar esta tarefa de criação de mashups para uma empresa especializada certamente será mais vantajoso financeiramente e principalmente por manter a sua atual equipe focada naquilo que ela faz de melhor, que é entender e visualizar os dados da sua companhia.